TPM: Campanha contra o sarampo começa priorizando crianças

Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo tem como meta vacinar 2,6 milhões de crianças

Desde junho, o Brasil registou mais de 5.400 casos confirmados de sarampo. Desses casos, seis pessoas foram vítimas da doença. O estado em que mais a enfermidade se concentrou foi no estado de São Paulo, com 5.228 diagnósticos, o que equivale a 97% do total. Os outros 176 casos foram registrados em 18 estados (RJ, MG, MA, PR, PI, SC, RS, CE, MS, PB, PE, PA, DF, RN, ES, GO, BA E SE). Os dados estão no novo boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, divulgado nesta sexta-feira (4).

As vítimas da doença, em sua maioria, foram crianças: quatro menores de um ano de idade. Para evitar mais complicações em decorrência do sarampo, a campanha deste ano começa priorizando os pequenos, o foco neste grupo acontece do dia 7 ao dia 25 de outubro e imuniza crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade.

O segundo grupo, previsto para iniciar no dia 18 e novembro, será direcionado para adultos na faixa etária de 20 a 29 anos que não estão com a caderneta de vacinação em dia. A meta é vacinar 2,6 milhões crianças na faixa prioritária e 13,6 milhões adultos. Para isso, o Ministério da Saúde garantiu a maior compra de vacinas contra o sarampo dos últimos 10 anos. Ao todo, 60,2 milhões de doses da tríplice viral foram adquiridas para garantir o combate à doença nos municípios.

“Vacina é um direito da criança. Ela não consegue ir sozinha a uma unidade de saúde para se vacinar. Pais, responsáveis, avós chequem a carteira de vacinação como ato de respeito e de amor”, enfatizou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. “Se estiver incompleta, leve a criança para tomar a segunda dose. Se a criança não tiver tomado nenhuma, ela deve tomar a primeira dose e, na sequência, a segunda”, explicou o ministro.

Sarampo

O que é?

Sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina. 

Sintomas

  • febre acompahada de tosse;
  • irritação nos olhos
  • nariz escorrendo ou entupido; e
  • mal-estar intenso.

Em torno de 3 a 5 dias, podem aparecer outros sinais e sintomas, como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que, em seguida, se espalham pelo corpo. Após o aparecimento das manchas, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças menores de 5 anos de idade.

 

Texto: Agência Brasil

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

 

Envie seu material para a nacional do movimento das Mulheres Republicanas,  através do e-mail pautas@mulheresrepublicanas10.org.br   Conte pra gente as ações que as republicanas, estão realizando em região, será interessante divulgar essas atuações no nosso portal.