Saúde lança campanha contra HIV/AIDS com foco em quem têm o vírus e não sabem

A rede pública de saúde de todo o Brasil oferece a testagem sem qualquer custo
A rede pública de saúde de todo o Brasil oferece a testagem sem qualquer custo. Existe até a opção dos testes rápidos, quando os resultados saem em 30 minutos.
Mais de 900 mil pessoas vivem com o HIV no país. Desse total, em torno de 80% foram diagnosticados, segundo o Ministério da Saúde. A maioria dos infectados são jovens de 20 a 34 anos.

Assim que uma pessoa é diagnosticada como portadora do vírus, já pode começar o tratamento na própria rede pública de saúde. O principal medicamento disponibilizado de graça é o dolutegravir, que diminuiu a quantidade do vírus no sangue. Assim o paciente, tem menos chance de ficar doente, de transmitir o vírus nas relações sexuais e de desenvolver a Aids.

Devido ao tratamento cada vez mais precoce, o número de mortes caiu nos últimos cinco anos. Em 2014, mais de doze mil e quinhentas pessoas morreram devido a complicações da Aids. No ano passado, foram dez mil e novecentos óbitos.

Texto: Agência Brasil

Foto: Ministério da Saúde

 

Envie seu material para a nacional do movimento das Mulheres Republicanas,  através do e-mail pautas@mulheresrepublicanas10.org.br   Conte pra gente as ações que as republicanas, estão realizando em região, será interessante divulgar essas atuações no nosso portal.